Você sabia que, além de facilitar a digestão, comer devagar pode auxiliar na perda de peso? Entenda o processo e confira sete motivos para mastigar com mais calma

Reportagem: Monique Zagari Garcia

importancia-comer-devagar

O tempo ideal para cada refeição é de 30 minutos, sendo necessárias pelo menos 30

mastigações por porção antes de engolir
Foto: Shutterstock 

Além de nos proporcionar o prazer em saborear um bom prato, comer devagar e mastigar bem os alimentos também são sinônimos de saúde. “Comer lentamente é extremamente importante, pois é na boca que se inicia a digestão do que comemos. A mastigação promove a quebra dos alimentos em partículas menores e a saliva, além de umedecer a comida, ainda possui uma enzima conhecida como ptialina ou amilase salivar, que inicia a digestão do amido (açúcar complexo)”, conta o Dr. Sérgio Barrichello, cirurgião geral, endoscopista e especialista em emagrecimento do HC-FMUSP e médico da Clínica Healthme Gerenciamento de Perda de Peso (SP).

Para a Dra. Claudia Calvano, coordenadora do ambulatório de obesidade da Sociedade Brasileira de Medicina Estética – Regional RJ, o tempo ideal para cada refeição é de 30 minutos, sendo necessárias pelo menos 30 mastigações por vez antes de engolir. “Dentadas intervaladas e tranquilas com intervalos de 20 segundos contribuem para porções de refeição menos avantajadas, inclusive pelo tempo que consomem. A chegada dos primeiros bocados de comida ao intestino, fato que demanda alguns minutos, serve como um sinal de saciedade. Se a ingestão for muito rápida, a sensação de barriga cheia vem tarde demais”, explica a médica. Estima-se que todos os mecanismos de regulação de fome só funcionem a pleno vapor após 15 minutos desde a primeira mordida. “Durante essa fase, é essencial maneirar na quantidade de garfadas e abusar dos músculos que mexem a mandíbula. Por isso é preferível optar por alimentos mais sólidos, principalmente no início da refeição”, ressalta.

Abaixo, confira sete motivos para você comer mais devagar e veja como essa postura pode auxiliar na perda de peso:

Você deve comer devagar e mastigar bem os alimentos porque...

1) ... “este hábito estimula a produção de hormônios da saciedade como a CCK (coleciostoquinina), assim como reduz a produção de hormônios que aumentam a fome, como a grelina”, informa a Dra. Cláudia.

2)  ... “a cada garfada é reduzida a ingestão de calorias na refeição (em torno de 12% a menos de calorias ingeridas), o que pode permitir a redução paulatina do peso corporal”, acredita a especialista. 

3)  ... “a ingestão mais lenta permite que se desenvolva a força mastigatória ideal, o que leva a ativação dos receptores dos ligamentos periodontais, que enviam informações a um centro de saciedade no cérebro, reduzindo a fome”, revela.

4) ... “evita desconfortos gastrointestinais como azias, dores abdominais, queimação, eructação e flatulência (gases), pois muitas vezes as pessoas engolem ar no momento da refeição (aerofagia)”, explica a Dra. Eneida Ramos, nutricionista clínica do Hospital Israelita Albert Einstein (SP).

5)  ...”este procedimento permite que sintamos melhor o aroma e o sabor dos alimentos. Quanto maior a intensidade do sabor, menor o risco de se empanturrar simplesmente para satisfazer as papilas gustativas”, afirma a Dra. Cláudia.

6) ... "este hábito contribui para uma boa digestão", garante a Dra. Juliana Zanetti, nutricionista do Hospital São Camilo (SP).

7)  ... “ajuda a reduzir ou prevenir o acúmulo de gordura na região abdominal. A mastigação adequada facilita o trabalho do sistema digestório, evitando a distensão abdominal e a sensação de “estufamento” que podem favorecer o acúmulo de gorduras na região”, orienta a Dra. Eneida.

8)  ... “favorece a saúde buco maxilar. A mastigação adequada fortalece os músculos da face, articulações e dentes”, finaliza a médica.