Que tal fazer algumas alterações na lista de ingredientes do bolo de pão de mel e torná-lo três vezes menos calórico? Confira a receita e saboreie sem culpa!

Por Redação Dieta Já | Foto Marcelo Resende| Produção Janaína Resende (Estúdio Fue) | Adaptação Ana Paula Ferreira



Com algumas adaptações é possível fazer com que este bolo de pão de mel fique três vezes menos calórico que a versão original – diminui de 689 kcal para 192 kcal cada porção!

Ficou curiosa para aprender como fazer? Então confira abaixo a receita elaborada por Flavia Morais, nutricionista da rede Mundo Verde, com os cálculos nutricionais feitos por Alyne Santim, nutricionista da Clínica Liliane Oppermann, de São Paulo.

Ingredientes

Bolo

1 xíc. (café) de mel orgânico
1 xíc. (chá) de adoçante culinário
1 ½ xíc. (chá) de bebida vegetal de arroz
1 col. (sopa) de óleo de coco
Suco de 1 limão grande
1 col. (sopa) de margarina vegetal
½ col. (chá) de canela em pó
½ col. (café) de cravo moído
2 xíc. (chá) farinha de trigo integral
1 xíc. (chá) farinha de trigo
1 col. (sobremesa) de bicarbonato de sódio

Recheio

1 xíc. (chá) de doce de leite sem adição de açúcar
1 xíc. (chá) de guaraná zero
½ kg de chocolate amargo

Modo de preparo

Bolo

Em uma tigela, coloque o mel e o suco de limão e misture bem. Acrescente o açúcar, o leite, a manteiga e bata até que os ingredientes fiquem bastante homogêneos. Coloque a canela, o cravo e a farinha. Adicione o bicarbonato e deixe incorporar. Asse em forma untada e enfarinhada por 25 a 30 minutos em forno médio. Quando estiver pronto, retire do forno e deixe esfriar.

Montagem

Desenforme, corte uma tampa, retire o miolo, molhe o bolo com guaraná e recheie com doce de leite. Coloque a tampa por cima, cubra com chocolate derretido e leve ao freezer até que a cobertura fique endurecida.

Dicas das nutricionistas

Chocolate amargo: Possui mais antioxidantes e fibras importantes para evitar anemia e melhorar o trânsito intestinal. Além disso, contém menor quantidade de gordura e açúcar.

Óleo de Coco: Excelente óleo funcional, promove saciedade e diminui a vontade do doce.

Via Revista Dieta Já! Ed. 246