A atriz não se rendeu à escova progressiva, e o resultado é visível: cachos definidos de fazer inveja. Veja os segredos de Paloma para manter os caracois perfeitos

Texto Luciana Hruby | Fotos Gustavo Arrais | Styling Michelle Harue (BeSociety) | Cabelo e make Robson Almeida (by bareMinerals, Nars e L’Oréal Professionnel) | Adaptação Ana Paula de Araujo

Paloma Bernardi conta segredos para os cachos perfeitos

Paloma Bernardi revela cuidados com seu cabelo cacheado

Foto: Gustavo Arrais

Naturalmente cacheada, Paloma Bernardi não se rendeu à escova progressiva ou outro método que alterasse definitivamente o formato de seus cabelos cacheados perfeitos. “Gosto do meu cabelo do jeito que ele é e procuro valorizá-lo sempre. O difusor é o meu melhor amigo”, garante a atriz, que ainda recorre a um leave-in ativador de cachos antes de secar as madeixas.

Como usa bastante finalizador, secador e chapinha para seus trabalhos, uma vez por semana ou, no máximo, a cada 15 dias, Paloma frequenta o Spa Dios para cuidar da saúde do cabelo. “Os tratamentos que ela faz são para eliminar resíduos do couro cabeludo e o estimular, ajudando no crescimento dos fios, e também para recuperar e nutrir a fibra capilar. Uma vez por mês, tiramos o excesso de pontas duplas com uma técnica de corte que não mexe no comprimento e a Paloma adora”, conta Rafael Dios, um dos donos do estabelecimento.

A responsável pela tonalidade das madeixas da atriz é a colorista Marília Tambasco, do Salão Marcos Proença (SP). “O tom que ela está agora é um castanho monocromático, mas com luzes bem fininhas apenas no topo da cabeça para dar brilho”, fala a expert. Como o cabelo cacheado tende a ser, naturalmente, mais sensível, para não ressecá-lo e torná-lo ainda mais frágil, Marília opta por usar tonalizante e não tintura permanente nas madeixas de Paloma. Uma hidratação específica para madeixas tingidas feita no mesmo dia do retoque de cor ajuda a fechar as cutículas, prolongando o resultado do procedimento.

“Já tive o cabelo ruivo, chocolate e, agora, castanho. Não sou nada apegada. Se precisasse, ficaria loira ou cortaria os fios, sem problemas. Antes da vaidade vem meu ofício como atriz”, dispara.

Revista Corpo a Corpo | Ed. 321