Enquanto uma proporciona desafios, a outra chama atenção pela segurança. Compare as vantagens de cada bicicleta e saiba qual combina mais com você

Texto Vand Vieira | Edição Helô Oliveira | Adaptação Ana Araujo

Há espaço para essas duas bikes em seu coração, mas uma sempre ocupa mais espaço. A seguir, veja qual combina mais com você: bicicleta convencional ou bicicleta ergométrica.

Bicicleta convencional é adrenalina pura!

Bicicleta convencional é adrenalina pura!

Foto: Caio Mello

Bicicleta convencional

+ economia

Compre-a e você terá um excelente meio de transporte para escapar do trânsito ou do transporte coletivo superlotado, economizando tempo e dinheiro. A profissional de marketing Diana Pereira, 30, vai e volta do trabalho de bicicleta desde novembro do ano passado. “São 9 km todos os dias, mas é tão prazeroso que nem vejo o tempo passar. É impressionante como algo tão simples muda nossa relação com a cidade e com as pessoas”, conta.

+ desafios

A fim de testar seus limites? Busque provas realizadas em sua cidade, individuais ou em dupla, e teste novos níveis de dificuldade e distância. Se você faz a linha aventureira, trilhas e cicloturismo são uma ótima pedida.

+ saúde

Além de melhorar o sistema respiratório, uma vez que o vento ajuda você a respirar melhor, pedalar sob o céu lhe garante uma dose extra de vitamina D, importante para auxiliar no fortalecimento dos ossos e dos músculos, na proteção do coração e na prevenção e controle da diabete.

+ foco

Fluxo intenso de automóveis, pedestres por todos os lados, terrenos irregulares... Pedalar outdoor exige muita atenção. “Isso não só melhora a concentração, mas também trabalha mais a musculatura estabilizadora e a região abdominal e das costas“, analisa Guilherme Morcadi, coordenador de treinamento da Runner (SP).

Bicicleta ergométrica traz segurança e tecnologia

Bicicleta ergométrica traz segurança e tecnologia

Foto: Caio Mello

Bicicleta ergométrica

+ segurança

Pedalar na academia pode não ser tão emocionante, mas é bem mais seguro. “A bicicleta ergométrica facilita o equilíbrio e evita quedas e possíveis lesões. Por isso, é um ótimo ponto de partida para iniciantes”, diz Carlos Henrique Vidal, personal trainer (RJ).

+ variedade

Há dois tipos de ergométrica: a vertical, semelhante à convencional, e a horizontal, que tem um assento mais largo e apoio para as costas, indicada para quem tem problemas de coluna. A segunda é mais eficiente para definir pernas e glúteos, enquanto a primeira é indicada para quem deseja perder peso.

+ modernidade

Se você é fã de balada, vai adorar participar das aulas de ciclismo indoor oferecidas por estúdios como o Velocity (SP). Elas têm um alto gasto calórico e chamam a atenção pela música agitada e pelo formato descontraído. “As aulas combinam vários estímulos, como iluminação e música, além de promoverem a integração com o professor”, explica Shane Young, proprietária do estúdio.

+ versatilidade

Enquanto a intensidade das pedaladas nas convencionais depende sempre do trajeto escolhido, o avançado sistema de programação das ergométricas é capaz de simular terrenos planos e íngremes a qualquer momento. “Faça algumas alterações simples nas configurações e o treino será outro. A convencional dificilmente possibilitará essa mudança”, afirma Carlos Henrique. 

Revista Corpo a Corpo | Ed. 320