Confira 5 dicas para recuperar seus músculos depois de praticar atividades físicas

Por Ana Paula de Araújo | Adaptação Rebecca Nogueira Cesar

músculos

Algumas dicas ajudam a recuperar os músculos e melhorar 

os resultados

Foto: Shutterstock

Tão importante quanto a própria atividade física é o período para reabilitar o tecido muscular depois do esforço.

“O benefício de qualquer exercício não ocorre durante sua prática, mas, sim, a partir do início da recuperação", explica Turíbio Leite de Barros Neto, fisiologista e diretor da Physio Institute (SP). Siga as dicas para deixar seu corpo novinho em folha após o treino.

1 - ingira carboidratos e proteínas
A dupla é fundamental para restaurar os músculos. Enquanto o primeiro devolve a energia gasta no exercício, o segundo restaura as fibras musculares. Consuma-os de 30 a 60 minutos após a atividade, pois é nesse período que a célula muscular fica mais permeável, facilitando a absorção.

2 - combine suplementos
Se obter o aporte de carboidrato e proteína por alimentação for difícil para você, a solução é apostar nos complementos alimentares, que trazem os nutrientes de um jeito prático. Segundo o fisiologista, o combo mais comum é o whey protein e a maltodextrina — para cada medida do primeiro, misture quatro do segundo.

3 - durma bem
Contar carneirinhos faz tão bem para seu corpo que até os músculos agradecem. "O sono é o momento em que o organismo reduz ao mínimo o gasto de energia. Com isso, ele se volta completamente à recuperação”, justifica Turíbio Neto.

4 - alterne o treino
Pegou pesado nos exercícios de perna ontem? Trabalhe outras partes hoje. Focar o esforço sempre na mesma região não deixa tempo para a recuperação. Alterne os grupos musculares e aposte em um cardio para dar descanso merecido ao seu corpo.

5 - aposte na massagem
Não precisa ter vergonha de pedir para o seu personal recorrer à técnica depois da atividade. "Esse método permite o máximo relaxamento dos músculos e é um excelente meio para a rápida recuperação, especialmente se for feita no corpo inteiro", conta André Trombini, professor da academia Bodytech (SP).

Revista Corpo a Corpo | Ed. 308