Seja na rua ou academia, correr é uma delícia. Se está difícil decidir em qual lugar você quer acelerar o passo, mostramos as vantagens de cada um

Texto Vand Vieira | Edição Helô Oliveira | Adaptação Ana Araujo

Vantagens de correr na esteira
Conheça as vantagens de correr na esteira
Foto: Christian Parente

Enquanto uma é cheia de tecnologia, calculando até o número de calorias perdidas, a outra ganha nos quesitos adrenalina e diversão. A seguir, compare a corrida na esteira com a corrida ao ar livre e descubra qual combina mais com você.

Esteira

+ tecnologia

“As esteiras evoluíram muito com o passar do tempo. Hoje, elas conseguem calcular a quantidade de calorias perdidas e monitorar os batimentos cardíacos, o tempo e a quilometragem. Sem contar que a velocidade e inclinação podem ser alteradas”, diz Guilherme Morcadi.

+ estabilidade

Os amortecedores da esteira reduzem significativamente o impacto da corrida. “Isso ajuda a preservar os joelhos, o quadril, os tornozelos e a coluna durante a atividade, diferentemente das ruas e parques, onde muitas vezes há buracos e irregularidades no chão”, garante Luís Matsuda, formado em Educação Física e instrutor da Just Fit Morumbi (SP).

+ facilidade

A faixa rolante do aparelho dispensa o esforço de “empurrar” o chão com os pés na hora da corrida, facilitando o exercício – mas, infelizmente, isso significa um gasto menor de energia. “Para igualar o esforço a uma corrida na rua, basta mudar a inclinação da esteira para 0.5 ou 1.0”, aconselha Eduardo Netto, mestre em Fisiologia e diretor técnico da Body Tech (SP).

+ tempo

Devido ao amortecimento de impacto e ao esforço reduzido, as esteiras proporcionam a possibilidade de uma corrida prolongada sem dor ou desconforto.

Ao ar livre

+ prazer

Para Dayane Martin, 28, administradora, corredora há seis anos, nada substitui o prazer de estar em meio à natureza. “Sinto que melhora minha concentração. O barulho e a música alta da academia dificultavam o controle da respiração e meu foco, além de não gostar da sensação de correr e não sair do lugar”, avalia.

+ competitividade

As provas de corrida são pura adrenalina. 5K, 10K, 15K, 21K, na rua, no parque... Tem para todos os gostos e condicionamentos físicos. O melhor de tudo? Aos poucos, essas provas definem um novo estilo de vida, já que, para conseguir boas colocações e chegar ao fim de longos trajetos, é necessário um preparo que envolve alimentação balanceada, regularidade no sono e muito, muito treino.

+ disciplina

Se a ideia é correr profissionalmente, melhor se acostumar a abrir mão das facilidades da esteira e do conforto que as academias oferecem. Um atleta precisa estar acostumado a diversos tipos de terreno e adversidades climáticas para ganhar resistência e se sair melhor nas competições.

+ ânimo

Anda se sentindo sem disposição? Correr ao ar livre é o melhor remédio. “O simples fato de sair dos ambientes fechados do dia a dia já alivia o estresse”, destaca Luiz Guilherme Baliego, mestre em Fisiologia do Exercício e Diretor Executivo da We Health (SP).

Revista Corpo a Corpo | Ed. 320