Confira as possíveis razões para a fome que parece nunca acabar, mesmo depois de você se esbaldar em comida!

Texto Marcela Zanetti | Adaptação Ana Paula Ferreira

Saiba porque você costuma sempre sentir vontade de comer.

Foto Shutterstock

Acabou de sair de um almoço com direito a sobremesa e continua com vontade de comer? A nutricionista Flávia Sgavioli, de São Paulo, explica possíveis razões pelos quais você vive com fome.

Seu sono está desregulado

Seus horários são loucos, você vai para a cama tarde e precisa acordar muito cedo. Descanso insuficiente ou sem qualidade (quando você acorda várias vezes à noite, por exemplo) bagunça os hormônios, aumentando a produção da grelina (que estimula a fome) e diminuindo o da leptina (que sinaliza a saciedade). Além disso, o sono ruim pode colocar o cérebro em fadiga e fazê-lo “pedir” carboidratos urgentemente. Daí a vontade quase incontrolável de se jogar em doces, pães, bolo...

Tem carbo demais no seu prato

Para aplacar a tensão ou por descuido mesmo, exagerar no consumo de pão, biscoito recheado, chocolate, bolo e outras fontes de carboidratos refinados resulta em fome excessiva. Esses alimentos são pobres em fibras e acabam sendo digeridos rapidamente, mandando todo o açúcar para a corrente sanguínea. O pico de glicemia aumenta a necessidade de comer mais e mais... O que se torna um ciclo vicioso que pesa na balança.

Você é fã de petiscos

Acompanhar a sessão de tira-gosto com algum drinque alcoólico é a maior armadilha para o autocontrole diante da comida e o peso, claro.

Não acabou por aqui, não! Na edição 333 da Corpo a Corpo você encontra mais razões pelos quais você sempre sente fome! Então corra para a banca ou adquira a sua CORPO aqui → https://goo.gl/J5O7PN