O treino de eletroestimulação muscular virou febre entre as famosas. Se você ficou curiosa, confira 4 motivos para experimentar a novidade!

Por Karine César | Foto Divulgação | Adaptação Web Ana Paula Ferreira



A eletroestimulação muscular já virou mania entre as famosas. Com um look um pouco exótico, uma espécie de colete com fios, o item é capaz de promover uma contração muscular semelhante ao treino convencional.  Ficou curiosa? Então, confira os motivos pelos quais o treino tem feito tanto sucesso.

1. Resultado em apenas 20 minutos 

O especialista garante que nesse tempo é possível trabalhar mais de 300 músculos simultaneamente, tonificando abdome, glúteos, braços e pernas, além de ajudar a diminuir a celulite e a flacidez.

2. Ativa os músculos

Os impulsos elétricos do aparelho recriam o mecanismo natural de estímulo gerado pelo sistema nervoso enquanto a pessoa malha. “A sensação no corpo é como se fossem pequenos choques”, descreve Leonardo de Souza, sócio da Bodypulse, um dos primeiros estúdios especializados na tecnologia alemã, do Rio de Janeiro (RJ). Mas não se trata de um treino parado; a aluna é orientada a realizar alguns movimentos durante a estimulação.

3. Diminui medidas

Tal fato foi comprovado por um estudo publicado na Academic Verlagsgemeinschaft, na Alemanha, com 102 mulheres. As participantes tiveram uma redução significativa nas coxas (0,7 cm), na cintura (1,4 cm) e nos quadris (1,1 cm).

4. Aprovado por celebridades e esportistas

Atletas como Usain Bolt e Cristiano Ronaldo aderiram ao treino com eletroestimulação para complementar seu condicionamento físico, já que a tecnologia aumenta a força e a potência. Angélica e Bruna Marquezine também são adeptas dos choquinhos.

Quer conferir mais novidades do mundo fitness? Então, corra para as bancas ou garanta a sua Corpo a Corpo aqui