Se consumida da maneira correta (e com supervisão médica, sempre!), a substância pode ser uma ajuda e tanto para melhorar seu desempenho no treino, além de combater a fadiga e potencializar a queima de gordura. Saiba mais!

Por Karine César | Foto Shutterstock | Adaptação web Ana Paula Ferreira



A cafeína é uma das substâncias estimulantes mais utilizadas no mundo. Seu consumo melhora o desempenho e a concentração durante os exercícios prolongados, combate a fadiga e potencializa a queima de gordura. “Quando o cérebro manda uma mensagem de contração para o músculo, a cafeína aumenta este comando, resultando em uma retração mais vigorosa. Ela também diminui a percepção de esforço”, afirma Gerseli Angeli, médica fisiologista, dos Estados Unidos (EUA). 

O ideal é que se inicie com doses baixas (em torno de 100 mg) para se acostumar. A ingestão também deve ser de 30 a 40 minutos antes do exercício.  “Não use por períodos prolongados, superiores a oito semanas. O melhor é fazer pausas para uma resposta mais eficiente”, acrescenta Giovanna Carpentieri, endocrinologista, de São Paulo (SP). 

Vale lembrar que a cafeína, dependendo da dose, pode gerar uma estimulação excessiva, sobrecarregando a parte cardiovascular. Ela ainda pode causar insônia e irritabilidade.

Cafeína em capsulas

1. Black Bee, Probiótica, R$ 85 - Aumenta a resistência aeróbica em exercícios de longa duração. Cada cápsula possui 143 mg de cafeína.

2. Lipodrol, Integralmédica, R$ 87 - Aumenta o foco e a disposição durante os treinos.

3. Suplemento de Cafeína em Cápsulas, Prol.Life, R$ 46 - A liberação gradual e prolongada da substância previne os desconfortos atribuídos a ela, como sudorese, insônia, dor de cabeça e ansiedade.

Quer conferir mais sobre desempenho no treino? Então, corra para as bancas ou garanta a sua Corpo a Corpo aqui!