Um estudo apontou que a fadiga começa no cérebro e não nos músculos. Portanto, aposte nestas dicas para preparar sua mente para garantir ótimos resultados no treino!

Por Diana Cortez | Adaptação Ana Paula Ferreira

Treinar a mente é fundamental para ter bons resultados

na ginástica / Foto Shutterstock

Naqueles dias em que a cabeça não está bem, o treino também não é dos melhores, já percebeu? Não é toa, de acordo com o livro The Athletic Brain: How Neuroscience Is Revolutionising Sport And Can Help You Perform Better (não lançado no Brasil), que demonstra que a fadiga começa no cérebro, e não nos músculos. Treinar a mente, portanto, é fundamental para ter bons resultados na ginástica. Tércio Vitor, fitness coach especializado em programação neurolinguística, de São Paulo, dá dicas de como fazer isso. 

- Antes de sair para a academia, relaxe e tente recordar um dia de treino produtivo e prazeroso que teve. Use o momento como âncora e tente revivê-lo.

- Gaste o tempo reservado ao treino para isso: treinar. Desligue o celular e evite outras distrações, como conversas paralelas.

- Concentre-se em cada movimento: sinta o músculo contraindo e relaxando e perceba a respiração. É uma maneira de conectar mente e corpo.

Quer conferir mais dicas de treino? Então, corra para as bancas ou garanta a sua Corpo a Corpo aqui!