Alô, cervejeiras de plantão. Essa é para vocês! Saiba tudo sobre a tendência de unir a bebida com corrida!

Por Diana Cortez | Adaptação Ana Paula Ferreira

A tendência de unir corrida com cerveja após

a linha de chegada / Foto Shutterstock

Já chegou ao Brasil a tendência de unir corrida com cerveja após a linha de chegada. E uma das empresas que oferecem a novidade é a Alpha B.E.E.R.S, responsável por provas e treinos Mikkeller Running Club, que acontecem nas cidades de São Paulo (SP) e São Leopoldo (RS). 

Mas será que é uma prática saudável? Segundo o nutricionista esportivo Helton Finocchio, da Clínica Andrea Santa Rosa, no Rio de Janeiro, apesar de repor carboidratos, deve-se evitar bebidas alcoólicas de 12 a 48 horas após o treino ou prova, uma vez que o álcool desidrata e pode interferir na recuperação.

Se mesmo assim você quiser tomar uma gelada, ele aconselha: “Deguste uma long neck com teor alcoólico entre 4 e 4,5%, acompanhada de 500 ml de água para não interferir tanto.” O especialista desaprova outras bebidas alcóolicas nessa situação. “A cerveja tem menos álcool e, nesse caso, leva vantagem.”

Quer conhecer outras tendências do mundo fitness? Então, corra para as bancas ou garanta a sua Corpo a Corpo aqui!