Cadastre seu e-mail e receba todas as novidades da Corpo a Corpo



Descobrimos o circuito de ballet fitness que transformou o corpo de Mari Gonzalez. Ela ganhou um bumbum ainda mais durinho, pernas torneadas e uma barriga chapada. Vem ver!

Por Diana Cortez | Fotos Danilo Tanaka | Cabelo e Make Elcio Aragão Maizena (First) | Adaptação web Ana Paula Ferreira



Mari Gonzalez, ex-repórter do programa Pânico na Band, ressurge de corpo novo e lindo! Com 1,74 m de altura, ela está mais seca e definida, com os novos 60 quilos — seis a menos do que costumava ter.  Nascida em Salvador (BA), Mari, que também era conhecida no programa como a Baianinha, conta que não se identificava mais com o corpão que tinha. Por isso, no final do ano passado, decidiu fazer a mudança. “Eu sempre quis um perfil enxuto, mas meu trabalho pedia um corpão. Só que eu não estava feliz comigo mesma e decidi seguir em frente nesse projeto”, conta Mari.

De olho em outras modalidades 

Alguns meses antes, a gata havia descoberto o ballet fitness, aula criada pela bailarina e professora de educação física Betina Dantas, de São Paulo (SP). “Eu me apaixonei pela modalidade e dediquei vários dias da semana a elas. Minha evolução foi muito rápida!”, diz a famosa. Mari fala que se identificou muito por se tratar de uma aula divertida e intensa. “Percebi que eu não tinha força, nem resistência. E no ballet a gente desenvolve tudo isso, além de emagrecer.” Resultado? “Consegui perder medidas nos quadris, onde eu tinha mais dificuldade”, revela.

Depois de atingir seus objetivos, Mari também voltou a praticar as outras atividades que também gosta, como os treinos de mahamudra do seu namorado e ex-BBB Jonas Sulzbach, às terças e quintas. “Ainda mantenho as aulas de ballet fitness às segundas e sextas, e as de luta  (boxe ou muay thai) às quartas”, explica Mari. Mas a gata não para por aí e revela que, muitas vezes, marca aulas pontuais de musculação quando quer focar em alguma parte do corpo. Se tiver pique, não para nem no fim de semana.

Circuito ballet fitness

Idealizada pela bailarina profissional e professora de educação física Betina Dantas, a modalidade já existe há dez anos e está em grandes redes de academias, como a Bodytech. “Criei a aula depois que decidi parar de dançar, mas ainda queria ficar com o corpo de bailarina”, lembra. Com uma mistura de movimentos básicos do balé com exercícios fitness, até mesmo quem nunca dançou consegue praticar. Além disso, trabalha o corpo inteiro, principalmente a barriga, as pernas e o bumbum. “O método proporciona resistência e uma definição muscular diferenciada porque tem muitas repetições. E, como é feita em forma de circuito, não tem pausa para descanso. Por isso, é intensa e o gasto calórico pode chegar a 740 calorias em 30 minutos”, revela Betina Dantas. Segundo a criadora, por se tratar de um estímulo diferente, é possível sentir o corpo mais durinho e alongado em apenas oito aulas. Gostou?

Importante: se quiser experimentar, pratique três vezes por semana. Os exercícios não devem ter intervalo entre si, e você precisa respeitar o número de repetições de acordo com o seu nível de condicionamento.





Leia Também
Comente!


Os comentários são pessoais e não refletem a opinião da Corpo a Corpo.