A modalidade queridinha daquelas que amam exercitar corpo e mente simultaneamente ganhou um up! Saiba mais sobre o pilates fitness e os benefícios que ele pode oferecer para sua saúde e suas curvas!

Por Ana Paula Ferreira | Foto Shutterstock



O pilates é uma ótima atividade para quem quer exercitar o corpo e a mente simultaneamente. Mas que tal potencializar ainda mais o trabalho corporal? Essa é a proposta do pilates fitness.

Diferente da versão terapêutica, a aula fitness estimula o corpo todo, mas sem deixar de lado os princípios básicos da atividade tradicional: concentração, respiração e controle. Sendo assim, a nova modalidade tem como objetivo alcançar um condicionamento físico melhor, além de proporcionar aquele corpo dos sonhos.

Para esclarecer as dúvidas sobre a nova modalidade, Sheila Dionísio, instrutora de pilates e professora do Namu Cursos – plataforma de cursos online voltado para vida equilibrada –, explica tudo sobre o método:

Como funciona uma aula de pilates fitness? 

“As aulas de pilates fitness são dinâmicas e contam com vários tipos de exercícios, que podem ser feitos tanto em aparelhos quanto no solo”, explica Sheila. A realização dessas posturas são funcionais e melhoram a resistência do corpo. “Quando utilizados, os acessórios aumentam ainda mais a dificuldade de execução da posição, melhorando a flexibilidade e a própria resistência”, completa ela. 

Quais os benefícios para a saúde? 

A atividade pode auxiliar diversos fatores da saúde, como a regulação da pressão arterial, a diminuição dos riscos de problemas cardíacos, o fortalecimento muscular e a melhoria do condicionamento físico e mental. Além disso, ela aumenta a flexibilidade, reduz estresse e ansiedade, aumenta a coordenação motora, estimula a respiração, promove alongamento muscular, alivia dores crônicas e tensões musculares e promove a perda de peso.

Quem pode praticar pilates fitness? 

Fitness é uma modalidade que objetiva o condicionamento físico do corpo e qualquer pessoa que não possua um problema de saúde pode praticá-la. Não há necessidade de ter experiência no método, porém é indispensável ter o acompanhamento de um profissional da área.