A busca por novas atividades tem levado cada vez mais pessoas a malhar em parques, praças e ruas. Confira os prós e contras de modalidades diferentes!

Texto Vand Vieira | Edição Karine César | Foto Shutterstock | Adaptação Web Ana Paula Ferreira



Foi-se o tempo em que as melhores opções de treino estavam dentro das salas de ginástica. A busca por novas atividades tem levado cada vez mais pessoas a malhar em parques, praças e ruas. Descubra as vantagens e as desvantagens do treino indoor e outdoor cada modalidade:

Bike

→ Convencional

+ economia

Compre-a e você terá um excelente meio de transporte para escapar do trânsito ou do transporte coletivo superlotado, economizando tempo e dinheiro. Além de ser mais prazeroso, a relação da pessoa com a cidade muda. Ela passa a enxergar coisas que não via antes, mesmo realizando o mesmo trajeto todos os dias.

+ desafios

A fim de testar seus limites? Busque provas realizadas em sua cidade, individuais ou em dupla, e teste novos níveis de dificuldade e distância. Se você faz a linha aventureira, trilhas e cicloturismo são uma ótima pedida.

+ saúde

Além de melhorar o sistema respiratório, uma vez que o vento ajuda você a respirar melhor, pedalar sob o céu garante uma dose extra de vitamina D, importante para auxiliar no fortalecimento dos ossos e dos músculos, na proteção do coração e na prevenção e no controle do diabetes.

→ Ergométrica

+ versatilidade 

Enquanto a intensidade das pedaladas nas convencionais depende sempre do trajeto escolhido, o avançado sistema de programação das ergométricas é capaz de simular terrenos planos e íngremes a qualquer momento. “Faça algumas alterações simples nas configurações e o treino será outro. A convencional dificilmente possibilitará essa mudança”, afirma Carlos Henrique.

+ variedade

Há dois tipos de ergométrica: a vertical, semelhante à convencional,  e a horizontal, que tem um assento mais largo e apoio para as costas,  indicada para quem tem problemas de coluna. A segunda é mais eficiente para definir pernas e glúteos,  enquanto a primeira é indicada para quem deseja perder peso.

+ segurança

Pedalar na academia pode não ser tão emocionante, mas é bem mais seguro. “A bicicleta ergométrica facilita o equilíbrio e evita quedas e possíveis lesões. Por isso, é um ótimo ponto de partida para iniciantes”, diz Carlos Henrique Vidal, personal trainer, do Rio de Janeiro (RJ).

Musculação

→ Aparelhos

+ músculos 

Essa prática isola os grupos musculares, trabalhando um de cada vez. “Ela foca na execução dos movimentos e potencializa seus resultados, sendo essencial para quem almeja a hipertrofia”, indica Eduardo Netto, mestre em fisiologia e diretor técnico da Bodytech, de São Paulo (SP).

+ adaptabilidade

Alguns movimentos dos treinos funcionais, como as flexões, exigem muita força para suportar o peso do corpo. Para quem está muito acima do peso ou não tem tanta resistência e coordenação motora, a musculação é um excelente começo.

+ praticidade 

Facilitar o dia a dia é sua principal vantagem. Por ser mais focada, a musculação permite que você se organize muito melhor em relação a qual grupo muscular trabalhar em cada dia da semana. 

→ Treino funcional

+ liberdade 

Como o peso do próprio corpo é a estrela do treino, não há necessidade de frequentar a academia — nem de ter que ficar esperando sua vez de usar os aparelhos. Adeus, tempo perdido!

+ consciência corporal

O funcional possui três finalidades: aumentar o condicionamento físico, melhorar as funções do corpo  (flexibilidade, equilíbrio e postura)  e recuperar os músculos, agindo como uma espécie de fisioterapia. “Como trabalha diversas partes do corpo ao mesmo tempo, ele aumenta, e muito, a consciência corporal”, esclarece Eduardo Netto.

+ ação

Ou seja, mais calorias perdidas. Como os movimentos do treino funcional flertam com os aeróbicos, eles são muito mais dinâmicos e divertidos. “Correr, pular, abaixar, levantar e empurrar são alguns dos exercícios realizados, o que, claro, aumenta o gasto calórico”, conta Eduardo Netto.

Não acabou por aqui, não! Se você quer conferir os prós e contras de treinar outras modalidades indoor ou outdoor, basta garantir a edição 342 da Corpo a Corpo! Então corra para a banca ou adquira a sua CORPO aqui → https://goo.gl/H2Pkis