Conhecer novas modalidades é o segredo para quem não gosta de mesmice quando o assunto é treino. Confira 4 aulas que acabam de chegar às academias e estúdios fitness e se jogue!

Por Karine César | Foto Divulgação | Adaptação web Ana Paula Ferreira 



Quatro aulas novas — e nada convencionais — prometem esquentar as academias e os estúdios fitness. Tudo para deixá-la pronta para o verão! 

Ballet Fly, no Let’s Pilates

A proposta é combinar acrobacias do circo com passos de dança. Além de aumentar a consciência corporal e a coordenação motora, o método melhora a postura, promove o condicionamento e ajuda na redução de medidas e na tonificação muscular. A vantagem é que qualquer pessoa, mesmo quem nunca dançou, consegue fazer a aula de uma hora. Letícia Marchetto, especialista, de São Paulo (SP), no entanto, não recomenda a modalidade para quem tem labirintite, pressão alta ou está grávida.

Cross Pilates, no Studio Mets

Ao combinar pilates clássico, treino funcional e crossfuncional, o professor consegue propor exercícios mais desafiadores à praticante. Em outras palavras, isso significa maior resistência cardiorrespiratória e muscular, aumento da flexibilidade e melhor agilidade e coordenação. Segundo Rafael Castro, professor da modalidade, de São Bernardo do Campo (SP), ela pode ser realizada por qualquer pessoa. Caso a aluna tenha alguma necessidade especial, a aula de 50 minutos é adaptada.

Yoga Kuruntha, no Jiwa

O nome da técnica significa “marionetes”. Nela, as alunas utilizam cordas fixas na parede para a execução das posturas (asanas). A aula dura em torno de 1h30. “Por causa da ação da gravidade, no momento das posturas invertidas, o movimento ajuda a descomprimir as vértebras, abrindo espaço entre elas”, explica Natalia Salomon, professora da modalidade, de São Paulo (SP). Isso resulta em maior alongamento e flexibilidade. Pode ser feita tanto por alunas iniciantes quanto por avançadas.

Balance Yoga, na Bodytech

Une a ioga tradicional com movimentos acrobáticos. A novidade fica por conta do tecido suspenso, que deixa a aula — com uma hora de duração — mais intensa e dinâmica. “As pegadas no acessório fortalecem os braços, e o equilíbrio ativa o abdome”, diz Camila Vasconcellos, educadora física, de São Paulo (SP). O tecido também facilita a execução das posturas para as iniciantes, já que o tempo, sem esse recurso, poderia ser maior para realizá-las no chão. Grávidas e pessoas com pressão alta devem evitar.

Quer conferir mais novidades do mundo fitness? Então, corra para as bancas ou garanta a sua Corpo a Corpo aqui!